fbpx

Conheça as particularidades da prova de redação do ENEM

Conheça as particularidades da prova de redação do ENEM

A prova de redação do ENEM possui particularidades muito próprias em sua avaliação e é importante que essas singularidades estejam muito claras na cabeça do estudante para garantir uma boa nota no teste.

Por ser uma prova que, além do objetivo inicial que é o de avaliar a qualidade do ensino médio brasileiro, ganhou também o propósito de avaliar candidatos faculdades e universidades, a complexidade do exame precisou aumentar e ainda se encontra em modificação.

Desde a escolha do tema, a estrutura do texto, passando pela conclusão, chegando as competências avaliadas pelos corretores e como eles pontuam isso, é preciso entender bem como funciona esse mecanismo e compreender como pensa a banca examinadora que dá notas às prova.

A escolha do tema

Escolhidos de 5 a 6 meses antes da realização da prova, os temas das redações do ENEM são sempre assuntos de alta relevância para a sociedade como um todo. A escolha passa por perspectivas políticas, sociais, cientificas e culturais. Os temas têm, habitualmente, ligação com questões sociais do país, que atingem o coletivo.

Os textos de apoio vêm para trazer informações sobre o tema definido. Mesmo que você não domine completamente ou tenha sido pego se surpresa com um assunto inesperado, (como foi o caso o tema de 2015, “Desafios para a Formação Educacional de Surdos”), eles servirão como base para a sua argumentação.

A estrutura do texto

A banca do ENEM busca por alunos que tenham visão critica e saibam defender um ponto de vista, além de avaliar aspectos relacionados à formalização de ideias que foram desenvolvidas ao longo da vida escolar.

Por esse motivo o formato da redação é sempre dissertativo – argumentativo. Esse estilo de redação possibilita que o aluno crie uma tese (uma opinião) inicial e utilize argumentos consistentes, com coerência e coesão, para defende-la ao longo do texto.

Um texto dissertativo argumentativo é composto por uma introdução, na qual o tema e a tese serão apresentados, o desenvolvimento onde os argumentos devem ser corretamente apresentados, e a conclusão, que no caso do ENEM possui uma exigência particular.

A resolução como conclusão

No ENEM, a conclusão da sua redação precisa conter uma proposta de intervenção, uma solução para o tema proposto. Após apresentar seus argumentos ao longo do texto, proponha uma ação que possa resolver o problema levantado pelo texto mantendo a coerência com o ponto de vista que foi defendido por você.

Lembrando que sempre são temas sociais, é esperado que as soluções envolvam o governo, a educação e intervenções sociais, e que os direitos humanos sejam sempre preservados. Você pode até sugerir a melhora de alguma medida que já exista, a única cobrança é que essa ação seja viável em nosso país.

Lembre se incluir a ação, que irá executar, os meios de execução e os resultados esperados a partir delas.

As competências avaliadas

Como já é conhecido, a redação do ENEM é avaliada em cima de cinco competências. Vamos relembrar quais são elas:

  • Domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa
  • Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas do conhecimento para desenvolver o tema dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.
  • Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.
  • Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários à construção da argumentação.
  • Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Agora vamos entender melhor como elas são avaliadas.

Cada uma dessas competências vale 200 pontos, que totalizam os 1000 pontos finais da redação do ENEM. Dentro de cada competência existem 5 categorias, que valem 25 pontos cada uma.

No ENEM, cada redação é avaliada por duas pessoas diferentes que são suas notas para cada um desses itens. A diferença entre a pontuação das competências não pode ser maior do que 80 pontos e entre a pontuação total da prova não pode ser maior do que 100 pontos.

Com as notas estando dentro desses parâmetros, é tirada a média entre as duas notas e essa será a pontuação final do candidato na redação.

Caso haja discrepâncias maiores do que as permitidas entre as novas, uma terceira pessoa é convidada a analisar e dar pontos à redação. A média então é feita entre as duas notas mais próximas.

Sabendo disso, é muito importante dar a devida atenção a todas as competências exigidas.

A prova do ENEM possui sim suas particularidades, mas não é mais difícil do que outras provas de redação. Entender bem como ela á cobrada e corrigida é o primeiro passo para garantir um bom resultado.

Content retrieved from: http://horadaredacao.com/blog/noticia/conheca-as-particularidades-da-prova-de-redacao-do-enem/4015.

Conheça as particularidades da prova de redação do ENEM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Precisa de ajuda?